Carcinomatose Peritoneal

A carcinomatose peritoneal é a evolução natural de qualquer tumor que curse com a esfoliação de células neoplásicas para o espaço peritoneal.

As células neoplásicas circulam então livremente no espaço peritoneal até entrarem em contato com o peritônio. A relação entre o dueto peritônio/célula neoplásica leva ao gatilho inicial de formação da carcinomatose.

O processo inflamatório peritoneal, um mecanismo natural de defesa desse órgão, termina em fibrose e aprisionamento das células neoplásicas ( "cell entrapment").

Essas células então ficam protegidas em uma cápsula de fibrose, estando livres para o crescimento e desenvolvimento  das metástases peritoneais.

Elas,por si só são fontes de novas células livres, perpetuando o processo de formação da carcinomatose peritoneal.

A apresentação dessa doença normalmente se dá sem outro foco de metástase, o que permite que seja entendida não mais como uma doença disseminada, mas uma enfermidade localizada em um único órgão, o peritônio.